No dia 24 de julho, o Jardim Pequizeiro sediou uma reunião da Federação das Escolas Waldorf do Brasil (FEWB) com as novas iniciativas de inspiração Waldorf em Brasília. Estavam presentes o representante da Federação das Escolas Waldorf do Brasil (Alcir), a representante da FEWB no Centro-Oeste e professora da Moara (Cristina Velazques) e as professoras das novas iniciativas de Brasília: Palipalan, Aurora, Belas Flores e o projeto Txai da rede pública.

Essa reunião foi fruto de um primeiro momento que tivemos no V Congresso Brasil de Pedagogia Waldorf, no qual cada iniciativa teve a oportunidade de apresentar sua escola à Federação. A nossa escola foi apresentada pelo atual presidente da Associação, Eduardo Mattedi, que mostrou a trajetória do Jardim
Pequizeiro do início até os dias atuais. Após esse primeiro contato durante o Congresso, o representante da Federação agendou uma visita em cada uma das escolas e, ao final das visitas, uma reunião com todas as iniciativas no Jardim Pequizeiro.

Conduzimos uma visita pelas dependências do nosso jardim e, logo depois, tivemos uma conversa com todo o grupo. Alcir e Cristina reforçaram, em suas falas, o interesse da Federação em conhecer as novas iniciativas e esclareceram a importância de todos se filiarem à FEWB, enquanto forma de preservarmos os valores e qualidades associados ao nome Waldorf. Surgiram perguntas por parte das professoras: “Quais os caminhos que uma escola tem que trilhar para se tornar Waldorf?”, a que eles responderam dizendo que, além de questões jurídicas e burocráticas, é fundamental que a escola esteja imbuída do compromisso de cultivar os ideais da Pedagogia Waldorf , embasados na Antroposofia.

De forma acolhedora e respeitando o ritmo de cada grupo, a FEWB vem criando esse ambiente de apoio, escuta e estruturação das demandas das novas iniciativas, para que elas se sintam ‘abraçadas’ – imagem que Alcir usou para convidar todas a filiarem-se à FEWB.

%d blogueiros gostam disto: