Bem vindo jardim onde as crianças podem ser livres

Somos orientados pela pedagogia Waldorf. As decisões são construídas e tomadas de forma participativa e seguem os princípios da sociocracia na tomada de decisões. Adotamos o modelo tradicional das escolas baseadas na pedagogia Waldorf de trabalho em comissões. Promovemos o protagonismo das crianças na aprendizagem, dispondo de espaço físico que estimula a autonomia e a superação de desafios motores que são essenciais para a constituição cognitiva e psicossocial das crianças nessa faixa etária.

Segue a pedagogia Waldorf. As decisões são construídas e tomadas de forma participativa, e seguem os princípios da sociocracia na tomada de decisões. Adotam o modelo tradicional das escolas baseadas na pedagogia Waldorf, de trabalho em comissões. Promove o protagonismo das crianças na aprendizagem, dispondo de espaço físico que estimula a autonomia e a superação de desafios motores que são essenciais para a constituição cognitiva e psicossocial das crianças nessa faixa etária.

Os brinquedos e materiais são típicos da pedagogia Waldorf, feitos com materiais naturais que estimulam o desenvolvimento dos sentidos, a relação íntima com elementos orgânicos e a capacidade de fantasia e criatividade. O ambiente externo é composto por jardins agroflorestais, onde espécies ornamentais e alimentícias são plantadas em consórcio, oferecendo referências de uma ação humana de cuidado e manejo com a terra pautada na biodiversidade e cooperação entre as espécies.

o sonho.

​Sonhamos com uma escola onde a criança possa aprender vivendo, onde o corpo, a arte e o espírito são contemplados tanto quanto a razão. Um lugar onde se aprende a conhecer os ciclos da natureza e a compreender o tempo das coisas. Nessa escola, as cores, sons, sabores, cheiros e texturas são estímulos seguros na construção do conhecimento.

E que o conhecimento não se restrinja ao funcionamento do mundo, mas, sobretudo, que nossas crianças conheçam e se apropriem das ferramentas para transformá-lo para melhor. Que os princípios que valorizamos sejam primeiramente exercitados por nós adultos para que possam ser vivenciados verdadeiramente pelas crianças. E o mais importante, uma escola onde as crianças possam ser felizes, aprendendo algo que faz sentido, uma escola viva!!